O que é a Cabala

O que é a Cabala

Muito se fala e se ouve falar sobre a Numerologia Cabalística.

Mas como entender a Numerologia Cabalística, sem antes ao menos se saber o que é a Cabala e qual a relação que há entre Numerologia Cabalística e a Cabala?

Cabala é um sistema místico judaico que tenta explicar a organização do mundo, suas leis espirituais e materiais de forma racional.

A cabala faz parte da tradição oral judaica, sua data de origem é incerta.

Uma das primeiras publicações sobre a Cabala que se tem conhecimento, data de meados do século VI.

Conhecido como o Livro da Criação; em hebraico Sêfer Yetzirá, remanescente dos livros secretos hebraicos, é um dos mais antigos sendo uma das colunas secretas sobre a qual se baseia a kabbalah.

Segundo a tradição seria uma obra de Abraão.

Porém muitos estudiosos afirmam que o Sêfer Yetzirá teria sido escrito no século IV da era cristã.

Nos escritos o autor declara através de muitas contradições com a teoria da criação estabelecida na bíblia, ter descoberto secretamente o ato da criação.

O texto se inicia com as seguintes palavras:

“Em trinta e três caminhos maravilhosos da sabedoria legislou YAH YHWH* dos Exércitos, o Deus de Israel, o Deus vivo e Rei do Universo, Deus Misericordioso e Gracioso que se assenta para sempre, Santo é o seu nome e o seu universo.” 32 caminhos, 10 números e 22 letras (alef beith)

* Nome do Deus nacional dos Israelitas, usado na Bíblia Hebraica

Segundo o autor dos escritos, foi através destas contagens que Deus criou o Universo e quando Abraão descobriu este segredo, compreendeu o segredo da fé.

A intenção do autor não é clara em nenhuma das diversas contagens.

O que se pode entender delas é que quem escreveu tentava demonstra os métodos utilizados por Deus na criação do universo.

Segundo suas declarações o mundo teria sido criado pelas palavras proclamadas por Deus.

Este livro teve grande influência sob respeitados rabinos na era medieval na região de Provença.

Porem a obra considerada mais importante para o misticismo judaico é o Zohar ou Esplendor.

Publicado por Moses de Leon, espanhol judeu, que afirmava na época ter descoberto os originais do livro, escrito no século II, por um Rabino chamdo Shimon bar Yohai.

Posteriormente se comprovou que o autor do livro seria o próprio Moses de Leon que atribuído a autoria a um Rabino desconhecido apenas para comercializar os escritos.

Independentemente deste fato, o Zohar ainda exerce grande influência sobre estudiosos e praticantes da cabala, pois consideram que a riqueza de detalhes do conteúdo, independentemente do autor, a obra seria uma inspiração de Deus.

Mesmo sob esta crença há de se entender que o Zohar não é uma formalidade cabalística, as referências da kabbalah se baseiam em um conjunto de atribuições que formam a divindade, bem como textos com origem anterior ao século XII não pertencem a literatura da Kabbalah aceita atualmente.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


%d bloggers like this: